quinta-feira, 8 de junho de 2017

Não acabou... mas quase!


Boa noite meus caros amigos! 

Tudo transcorre bem na vida e nas mentes malignas sagazes dessa galerinha que só pensa em acumular grana e enriquecer? Pois então, agora sou pobre, ou melhor, pobre sempre fui. 
A melhor definição para minha atual condição é desprovido de recursos.

São tantas as explicações que fica até difícil definir uma linha de raciocínio. Quanto aos planos para este ano, só lamento, a bagunça foi enorme e tudo fugiu do controle.


Cara do pessoal ao ver que retornei dos mortos, rs..

A priori, apresento minhas sinceras desculpas pela ausência, mas foram tantas mudanças e delapidação patrimonial constante que acabei envergonhado, visto que a grana foi gasta até sumir e vocês continuam acumulando capital com rendimentos crescentes.

Quanto ao título, pensei em "E quem disse que a vida é fácil?", resultado da lembrança de uma música (The Scientist - Coldplay - "...Ninguém disse que seria fácil. Mas também não disseram que seria tão difícil...") associada à situação que me deparo atualmente, repleta de receios e transformações. Sempre soube que era difícil, mas a vida está de parabéns no que diz respeito a surpreender e fazer-me perder noites de sono. No entanto o título escolhido faz alusão a possível dúvida que surge: Quase acabou o blog? O dinheiro? Mas o que diabos está se esgotando? rs...

Vou elencar os acontecimentos para norteá-los:

  • Mudei de município;
  • Estou morando com a mosca chefe (morando com a namorada, casei, fodeu);
  • Comprei um carro;
  • Abriremos uma empresa;

Bem hardcore e diferente dos meus planos para 2017. Admiro as pessoas que conseguem manter suas vidas na rota planejada, pois desde que atingi a maioridade e saí da casa de meus pais os anos são repletos de reviravoltas.
Sei que muitos ao lerem os fatos acima elencados olharão com pesar e terão a certeza que fracassei na vida, visto que são sucessões de escolhas inapropriadas, ou não.

Mas vamos aos fatos: Agora eu moro em um município que fica aproximadamente 200 km do meu trabalho, já pensou que loucura? 
Tudo começou com a decisão de cursar medicina, como não sou autodidata procurei um curso preparatório de qualidade em uma cidade menos provinciana, que consequentemente fica distante do meu trabalho. Com isso tive que adquirir um sofá com rodas carro.
É pessoal, comprei por necessidade, mas continuo militante no que tange ao fato de automóveis empobrecerem as pessoas. Era muito feliz andando de motoca e sinto falta, pois meu budget mostra que em 90 dias gastei 5x mais dinheiro abastecendo o carro do que nos 8 meses que andei de moto.
Pense bem, 3 meses de carro seriam equivalentes a 40 meses de moto, isso só em combustível, fora IPVA, revisões, seguro ...caraca!
Apesar que estou rodando bem mais para trabalhar, isso deve ser considerado, mas na ocasião avaliei apenas o quesito gasto sem pensar em quanto gastaria de moto para rodar essa nova e elevada distância até o trabalho. Mas de todo forma o consumo do carro é de 13km/l e a moto 60km/l, ê saudade que bate no meu coração (Vlw, Jamil e uma noites, rs!)

Enfim, além disso minha digníssima namorada (que agora dizem ser minha esposa) mudou-se comigo pois recebeu uma proposta de emprego em sua área de atuação e formação. Com isso a expectativa é que em pouco tempo passe a ganhar mais que eu, o que não é muito dinheiro, mas é uma maravilha. 
É importante ressaltar que há anos venho conversando com ela sobre as ideias frugais, inclusive ela pode acompanhar minha transição de playboy sem futuro para uma pessoa que busca consolidar patrimônio e alcançar a independência financeira.
Sendo assim ela mudou muito também e como eu dizia, há anos tenho compartilhado com ela as coisas que aprendi nos blogs e temos uma sintonia incrível neste quesito e em vários outros.
Não consigo imaginar uma pessoa melhor para compartilhar meus sonhos, planos e minha vida. Estes primeiros 90 dias de casados "juntados" foram surpreendentes!

Pois bem, sobre os cursos, as instituições de ensino cobram valores muito altos, maiores que mensalidades de cursos de direito ou engenharia civil nas unesquinhas, fator que fez com que nenhuma conseguisse pessoas suficientes para formar turma. Com isso, me mudei, comprei carro, me estabeleci e uma instituição seguida da outra me frustrou apenas apresentando seus pedidos de desculpa. Rodei!
Ainda bem que a mosca chefe conseguiu um emprego bacana e isso ajuda muito na questão financeira, pois conseguimos pagar as despesas e aportar entre 40-50% de nossas rendas!

Um adendo pertinente quanto ao apelido carinhoso de minha nobre senhora; À primeira vista posso parecer grosseiro e desrespeitoso, entretanto temos um relacionamento pautado na alegria e tolerância, deste modo tenho a liberdade de usar expressões que visam provocar e causar risadas.

Até o presente momento tenho assistido minhas moedas serem gastas, inicialmente com o carro e depois com para realizar a mudança e organizar o lar. 
Estipulo que foram gastos aproximadamente R$5.000,00 para mudarmos e organizarmos nosso apartamento e paguei R$33.000,00 no veículo popular e usado que conduzo.
Para quem viu meu patrimônio no inicio do ano, sabe que só aí gastei mais de 50% do capital que possuía.

Mas o melhor está por vim! Morando nessa nova cidade, populosa e promissora, recebemos a proposta de nos tornarmos sócios de uma franquia com grande fluxo de venda e rendimento.
Deste modo, resolvemos pegar o dinheiro restante mais os aportes realizados durante este ano e abrir nosso próprio negócio (ou quase)!Percebemos que a venda de remédios e perfumaria em geral apresenta alta lucratividade, visto que as franquias facilitam a aquisição de mercadoria com valor extremamente competitivo.


Nosso empreendimento em pelo vapor! kkk. Não..Pera...


Com a módica quantia de R$80.000,00 seremos sócios minoritários (hahaha) de uma franquia de uma grande rede, (WTF??!!) porém atuando diretamente e administrando. 
Parece uma baita furada, eu sei, mas a expectativa é de bons retornos em aproximadamente 6 meses, visto que estamos montando o empreendimento do zero, bem como adquirindo experiência no ramo.

Como dizia, os planos mudaram completamente, me vejo trilhando novos caminhos e sem nenhum tostão, pois até o colchão de segurança se foi para aplicar na empresa. Arriscado, mas são as escolhas que fazemos durante nosso percurso. 
Costumo dizer que é preferível quebrar a cara ao escolher enfrentar os desafios do que ficar de cara pra cima pensando que se tivesse feito determinada coisa estaria melhor que hoje. Posso me arrepender do que faço, porém o arrependimento de não ter feito, acompanhado da ilusão do sucesso, são dolosos e angustiantes.

É galera, mas o plano segue! Sigo aguardando a abertura de turma nos cursos preparatórios e quem sabe o empreendimento será vital para custear a mensalidade de medicina?! Veremos...
No mais, aceito dicas, conselhos e orações, kkkk... 

PS: Não tem mais fechamento de mês, pois não tenho mais dinheiro, não tenho mais nada, só eu a mulher e nosso rottweiler, o Midnight, kkkkk. Posso realizar fechamento de dívidas, só se for, rs, essas tem crescimento exponencial, diferente dos meus antigos investimentos...


Até breve!






6 comentários:

  1. Seja bem-vindo outra vez.
    Desejo sucessos na sua nova jornada.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlw Cowboy!
      Vou tentar mantê-los informados dos desdobramentos de minha vida, principalmente agora que seremos "empresários" haha, tal do pobre sonha, rs..
      Abraços!

      Excluir
  2. Agora entendi seu sumiço... vê se não desaparece desta vez

    ResponderExcluir
  3. Sim senhor! Me manterei firme e participativo (o quanto puder)!
    Espero em breve ter alguns trocados de aporte para reiniciar a tabela, rs..

    ResponderExcluir
  4. Lorde,
    tenta manter o post fixo mensal... é 1 dia em 30... hehehe
    ajuda inclusive a vc ir pensando/refletindo sobre sua trajetória...

    avante, cavaleiros de gondor!!!!
    abraço
    PD7

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk, pode deixar Pãodurismo!
      Tem me faltado tempo e criatividade pra escrever, mas em breve posto algo.
      Obg por acompanhar, abraços!

      Excluir